Precisa de ajuda?

11 4191-9848

Romaneio: Entenda a sua importância para a logística

O romaneio, conhecido também como Picking List é um tipo de lista que as transportadoras utilizam para facilitar a entrega das mercadorias.

Essa lista tem com objetivo simplificar a entrega de qualquer mercadoria de um determinado lote.

Para isso, ele reúne todas as informações necessárias para que a entrega seja mais rápida, além de diminuir os erros, furtos e extravios.

Nesse sentido, essa lista se torna um documento muito importante para o processo logístico de uma empresa.

Além disso, esse documento também é utilizado no desembaraço aduaneiro, quando uma empresa importa ou exporta qualquer produto que precisa ser liberado pela Alfandega do país de destino.

Nesse caso, a empresa apresentar esse documento ou ela receberá uma multa de até R$ 500 mil reais, previsto na Lei do artigo. 728 do regulamento aduaneiro.

Bom, agora que você sabe o que é o romaneio é a sua importância para a logística das empresas, é muito importante entender como ele funciona na prática.

Como o romaneio funciona?

Esse documento não possui um padrão específico, o que permite que as empresas possam inserir as informações sobre o seu negócio da melhor forma possível.

Entretanto, como existem informações que precisam ser apresentadas é importante que o romaneio siga as orientações da Receita Federal:

  • Apresentar a quantidade de volumes (embalagens),
  • Apresentar a marcação dos volumes,
  • Identificar os volumes por ordem numérica,
  • Peso (líquido e bruto),
  • Dimensões unitárias,
  • Volume total da carga.

Após definir as informações que serão inseridas no relatório, o próximo passo é criar o documento por meio de uma planilha ou através de um sistema que facilite a integração das informações ao longo do processo de entrega.

Como fazer esse documento?

Como não existe um padrão definido esse documento pode ser feito em uma planilha, contendo as informações que foram mencionadas acima. 

Dessa forma, cada empresa pode adotar um tipo de personalização que atenda suas necessidades.

Entretanto, levando em consideração a competividade e a exigência da prestação de serviço com qualidade, recomendação é investir em ferramentas de integração para facilitar a emissão desse documento.

Quais são os benefícios que ele oferece?

Além de auxiliar no processo de logística das empresas, a emissão desse documento promove algumas vantagens como, por exemplo:

  • Ajuda na prestação de contas por parte dos motoristas

Esse documento serve como uma prestação de contas para os motoristas, uma vez que os produtos quando são despachados o motorista passa a ser responsável pela carga.

Sendo assim, esse documento serve para especificar e comprovar que todos os produtos foram enviados com segurança por ambas as partes.

  • Facilita o acesso as informações

Quando esse documento é emitido através de um bom software de gestão, ele oferece para os clientes informações sobre o seu pedido como, por exemplo, o rastreio do produto.

Dessa forma o cliente podem acompanhar as atualizações do seu produto, apenas acessando o site da empresa de transporte a qualquer momento.

  • Agiliza a conferência dos comprovantes de entrega

Esse documento serve para facilitar a entrega dos produtos e também como comprovante de entrega, visto que nele consta a assinatura de cada destinatário ou uma justificativa para o retorno do produto.

Romaneio X Nota fiscal dos produtos

Apesar de o romaneio ser muito importante no processo logístico ele não substitui as notas fiscais, isso porque ele tem a função de apesentar às mercadorias que estão sendo transportadas no veículo.

Por outro lado, a nota fiscal é o documento oficial que apresenta todas as informações de venda dos produtos.

Qual a diferença entre manifesto e romaneio?

Normalmente esse documento é confundido com o manifesto porque são semelhantes.  Entretanto, existe uma diferença entre eles.

O romaneio é utilizado para descrever e listar os produtos que serão transportados.

Por outro lado, o manifesto é utilizado apenas relacionar os produtos que serão enviados em carga fracionada, ou seja, quando a empresa envia uma carga com mais de um destinatário.

Os dois documentos foram criados para facilitar o controle de cargas, apesar de não terem relação direta.

Conclusão

É importante ressaltar que esse documento não é obrigatório em alguns processos logísticos.

Mas, se tratando de transporte de carga é muito importante que ele esteja presente para facilitar tanto a entrega como também a fiscalização por parte da Receita Federal. 

Receba um atendimento consultivo de um de nossos especialistas

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

MAIS DICAS PARA VOCÊ

Esses artigos podem lhe interessar

image

O que é fluxo de caixa e como ele pode ajudar sua empresa 

Você sabe o que é fluxo de caixa? Em um mundo empresarial, saber gerenciar as finanças é um dos pontos mais importantes para se manter no mercado e crescer.   Nesse…
image

Integrações para supermercado: conheça as principais

Você sabe o que são Integrações para supermercado? Em um mercado cada vez mais competitivo, os supermercados precisam estar preparados para atender às demandas dos clientes e oferecer uma experiência…
image

Metas de venda: Por que são importantes para seu supermercado  

As metas de venda sempre estiveram presente nas empresas em geral, por ajudar a aumentar as vendas e a melhorar diversos pontos importantes, nesse mesmo sentido a definição de metas…