Como o Sistema ERP para farmácias resolve os problemas de gestão

Como o Sistema ERP para farmácias resolve os problemas de gestão

O uso de um sistema ERP para farmácias não é um diferencial, mas na verdade, uma obrigação para todas as empresas do setor farmacêutico.

Isso porque, o gerenciamento de uma farmácia independente, ou seja, que não faz parte de uma rede, é marcado por atividades complexas como planejamento financeiro, controle de estoque, atendimento ao cliente, envio de receitas ao SNGPC – Sistema Nacional de Gerenciamento de Produtos Controlados.

Essas e outras atividades são importantes para o crescimento das farmácias e drogarias e, por isso, precisam ser gerenciadas com excelência para evitar prejuízos financeiros e outros problemas.

No entanto, ainda é comum encontrar farmácias ou drogarias que usam um sistema de gestão ineficiente como planilhas e outros tipos.

Que geralmente são lentos para gerenciar o estoque, para atender os clientes e para tratar de outros processos que são importantes.

Esses problemas são comuns em farmácias que ainda não usam o sistema de gestão ERP.

Com esse sistema é possível automatizar todos os processos e ter uma gestão mais rápida e segura.

Nesse texto você vai entender como essa ferramenta é importante.

O que é um sistema ERP para farmácias?

O sistema ERP para farmácias é, na verdade, um software de computador que reúne em só lugar todos os processos da sua farmácia.

Essa ferramenta foi desenvolvida para auxiliar no controle de estoque, nas vendas e no envio das receitas para o SNGPC.

A sigla ERP vem do inglês e significa Enterprise Resource Planning, que em tradução para o português, significa Planejamento de Recursos Corporativos.

Como o sistema ERP para farmácias funciona?

A gestão de qualquer tipo de negócio não é uma atividade simples.  Isso porque, o gestor precisa ter o controle de diferentes setores e trabalhar com o objetivo de reduzir gastos e evitar desperdícios.

No caso das farmácias, por exemplo, o trabalho na gestão é redobrado, já que o ponto principal do negócio é a venda de medicamentos, ou seja, produtos com data de validade e com venda controlada.

Então, para que a gestão seja realizada com eficiência é fundamental ter uma ferramenta adequada como, o sistema ERP para farmácias.

Por meio dele você consegue centralizar todas as operações realizadas no seu negócio, ganhando mais eficiência na administração.

O ERP funciona seguindo as regras do varejo farmacêutico, ele ainda permite a integração com outros departamentos, de forma simples e rápida, como:

  • Gestão fiscal,
  • Vendas,
  • Compras e estoque,
  • Administrativo,
  • Financeiro.

Erros cometidos pela ausência de um sistema de gestão

Os gestores de farmácias quando não utilizam um sistema de gestão podem cometer os seguintes erros:

1. Não ter controle de entrada e saída de mercadorias

A falta de controle na entrada e saída de mercadorias é um problema comum nas farmácias que usam um sistema de gestão ineficiente.

Esse problema quando acontece faz com que o gestor não saiba quais os produtos que estão disponíveis ou que estão faltando na prateleira ou no estoque da sua farmácia.

2. Compras realizadas em excesso

A compra de medicamentos em excesso é uma consequência da falta de controle de entrada e saída dos produtos.

Como o gestor não sabe quantidade de medicamentos que precisam ser repostos no estoque, a compra acaba sendo em excesso.

3. Fazer o controle manual do estoque

O controle manual é consequência da falta de ferramentas adequadas. Com isso, o controle manual geralmente é muito lento e não oferece segurança.

Como o sistema ERP para farmácias resolve os problemas de gestão?

A função do ERP é melhorar a gestão das farmácias por meio da automatização dos processos repetitivos.

Dessa maneira, ele garante mais eficiência e segurança para a gestão das farmácias. Além disso, ele também promove alguns benefícios como:

1. Agilidade no atendimento

O ERP agiliza o atendimento ao permitir que o farmacêutico encontre com facilidade o medicamento solicitado pelo cliente.

Para isso, basta apenas realizar uma consulta que o sistema informa onde o medicamento está localizado ou se ele ainda está disponível.

2. Controle de estoque

O sistema ERP por meio do código de barras registra a entrada e saída dos produtos.

Dessa maneira, o controle do estoque é realizado com mais eficiência e segurança.

3. Planejamento e organização financeira

O ERP automatiza todas as atividades do setor financeiro e fornece informações seguras sobre todas as despesas, ganhos, receita total, lucros e outras questões.

Como o ERP Titan Software pode ajudar na gestão da sua farmácia

Desenvolvido com objetivo de melhorar a gestão das farmácias e drogarias, o ERP Titan Software automatiza os processos do seu negócio e integra todas as informações em um só lugar.

Com isso, ele permite o acompanhamento em tempo real das seguintes informações: recebimentos, despesas, controle de gastos, lucros, receitas, controle de estoque.

O sistema ERP Titan Software para farmácias ao ser implantado no seu negócio proporciona as seguintes vantagens:

  • Integração com PMBs para oferecer descontos especiais para seus clientes,
  • Cadastro Lab: Você pode fazer o cadastro de Laboratórios, Princípios Ativos e características de seus produtos,
  • Cadastro de CRM do médico: Você pode cadastrar o CRM do médico no sistema,
  • Relatório ANVISA – SNGPC: O ERP automaticamente envia as receitas para o SNGPC.

Para saber mais sobre o nosso sistema e como ele pode ajudar na gestão, nas vendas e na fidelização de clientes, você pode acessar a página ERP Titan Software agora.

Conclusão

Em resumo, os problemas de gestão são prejudiciais para qualquer negócio, por influenciar no funcionamento, no lucro, no estoque e em outros processos.

Por isso, vale o investimento em ferramentas de gestão como, ERP Titan Software. Entre em contato com nossos consultores e saiba mais sobre esta ferramenta.

Comments are closed.