Precisa de ajuda?

11 4191-9848

Como avaliar o desempenho de cada grupo de produtos e tomar decisões para ampliar o índice de lucratividade

Uma das principais análises sobre o desempenho de um negócio, o índice de lucratividade permite conhecer a efetividade operacional de grupos de produtos. Dessa forma, é possível descobrir quanto a empresa gera de lucro a partir de cada um desses grupos. Essa é uma das melhores formas para avaliar se vale ou não continuar trabalhando com um tipo de mercadoria. Neste artigo explicamos como fazer essa análise.

Como calcular o índice de lucratividade

O índice de lucratividade representa, basicamente, quanto sobra de lucro após serem pagas todas as despesas e impostos. A periodicidade (mensal, trimestral, semestral, anual) para essa análise pode ser decidida por você, pois existe a possibilidade de realização desse cálculo a qualquer momento.

Para calcular o índice de lucratividade de um grupo de produtos, você vai precisar ter os cálculos do lucro bruto e do lucro líquido do grupo que está avaliando. O lucro bruto pode ser calculado subtraindo os custos e as despesas da receita total. Já o lucro líquido pode ser obtido descontando os impostos e taxas pagos do valor do lucro bruto.

O índice de lucratividade vai ser calculado dividindo o lucro líquido pela receita total e multiplicando o resultado por 100.

A relevância do índice de lucratividade nas decisões gerenciais

Com o cálculo do índice de lucratividade fica muito mais fácil ter noção de quais produtos geram mais lucro e quais geram menos – ou acabam gerando apenas despesas ou prejuízos. Assim, fica bem mais fácil tomar decisões acertadas quanto a que grupos de produtos pode ser interessante aumentar a compra, quais vale a pena diminuir o estoque e com quais deixar de trabalhar.

Tendo o índice de lucratividade em mãos, a identificação de gastos desnecessários e a redução de custos acontecem muito mais facilmente.

Como um sistema ERP pode auxiliar

Um bom sistema ERP, com integração entre frente de caixa, retaguarda e gestão contábil-fiscal, é uma ótima forma de chegar mais facilmente ao resultado desejado e, consequente, às decisões gerenciais mais acertadas. Isso se deve à automatização de tarefas relevantes para o cálculo desse índice, como recebimento de mercadorias, controle de estoque, gestão de preços, tesouraria, fluxo de caixa, dentre outros.

Com um software que permita o monitoramento dos seus grupos de produto, se torna mais simples encontrar produtos no sistema e dados como valor de aquisição, de revenda, impostos e afins. É possível afirmar, então, que um sistema ERP ajuda a economizar e otimizar o tempo no dia a dia e também em momentos decisivos, como o do cálculo do índice de lucratividade.

A Titan Software oferece o Titan Retail, um sistema ERP completo, 100% online e em nuvem. Entre em contato e saiba como essa solução pode ajudar o seu negócio!

Receba um atendimento consultivo de um de nossos especialistas

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

MAIS DICAS PARA VOCÊ

Esses artigos podem lhe interessar

image

O que é fluxo de caixa e como ele pode ajudar sua empresa 

Você sabe o que é fluxo de caixa? Em um mundo empresarial, saber gerenciar as finanças é um dos pontos mais importantes para se manter no mercado e crescer.   Nesse…
image

Integrações para supermercado: conheça as principais

Você sabe o que são Integrações para supermercado? Em um mercado cada vez mais competitivo, os supermercados precisam estar preparados para atender às demandas dos clientes e oferecer uma experiência…
image

Metas de venda: Por que são importantes para seu supermercado  

As metas de venda sempre estiveram presente nas empresas em geral, por ajudar a aumentar as vendas e a melhorar diversos pontos importantes, nesse mesmo sentido a definição de metas…