capa-tendencias-de-varejo

5 tendências para melhorar a experiência do seu cliente no varejo

Melhorar a experiência do seu cliente é um fator determinante para que ele possa escolher os seus produtos ou serviços. 

A experiência do cliente é exigência que vem ficando cada vez mais evidente no setor varejista, pois a jornada do cliente não se limita apenas a adquirir o produto no seu estabelecimento comercial.

Na verdade, a jornada de compra do seu potencial cliente envolve toda a experiência que ele terá dentro do seu estabelecimento ou no seu site.

Como, por exemplo, a maneira que os seus clientes são atendidos, os métodos de pagamentos disponíveis, a entrega dos produtos e outros fatores.

Além de oferecer tudo isso aos seus clientes,  você como lojista também precisa estar por dentro das tendências para o setor varejista para que possa oferecer a melhor experiência aos seus consumidores.

Neste texto você vai entender como esse fator é importante para o seu negócio.

A importância de melhorar a experiência do seu cliente no varejo

Os consumidores com facilidade acessam uma infinidade de ofertas, de produtos, meios de pagamentos e de estabelecimentos que oferecem o que eles precisam. 

No entanto, neste cenário de competição apenas as lojas que oferecem a melhor experiência aos seus clientes conseguem sair na frente dos concorrentes. 

Para você ter uma ideia de como a experiência do cliente é importante, observe os dados de um estudo realizado pelo Opinion Box.

  • 91% das pessoas entrevistadas consideram a experiência um ponto importante na hora de comprar,
  • 81% dos clientes compram mais nos estabelecimentos que promovem uma excelente experiência,
  • 69% das pessoas estão dispostas a comprar um produto ou serviço se determinada empresa oferece uma boa experiência de compra.

Como você pode perceber são três fatores que destacam a importância de melhorar a experiência dos clientes.

O que fazer para melhorar a experiência do seu cliente no varejo

Conheça algumas tendências para o setor de varejo que são capazes de melhorar a experiência de compra dos consumidores.

1. Gestão de clientes eficiente

A gestão de clientes é uma prática aplicada no setor varejo com objetivo de oferecer soluções personalizadas para os clientes.

Mas, para que as soluções sejam aplicadas corretamente é necessário primeiramente entender as dores e problemas dos seus clientes.

Com este entendimento o lojista consegue gerenciar melhor a sua carteira de clientes, além de proporcionar um atendimento mais assertivo que aumenta as chances de vender mais.

Mas, para que a gestão de clientes seja eficiente é muito importante investir em um software CRM (Customer Relationship Management), ele oferece diversos recursos para auxiliar a gestão e o atendimento aos clientes.

Um dos sistemas que você pode usar para melhorar a gestão de clientes do seu negócio é o CRM da Titan Software, ele foi criado exclusivamente para atender todas as demandas do setor varejista, desde a gestão do seu negócio à fidelização de clientes.

2. Private Label

Ele é um modelo de negócio que vem conquistando cada vez mais espaço no setor varejista.

Nele, uma empresa como, por exemplo, um supermercado pode investir na produção de determinado produto.

Depois disso, o mercado pode vender o produto como se fosse à marca responsável pela produção. 

O Private Label é um modelo de negócios que permite que as empresas do setor varejista possam ter o próprio produto personalizado, sem a necessidade de investir na matéria-prima e nos processos de produção.

Nesse mesmo sentido de produzir um produto personalizado, ele ainda oferece aos estabelecimentos comerciais a possibilidade de ter o próprio cartão para oferecer aos clientes como forma de pagamento.

Por meio do cartão personalizado com a sua marca você pode fidelizar mais clientes e ainda aumentar as vendas. 

Então, se você também quer oferecer este método de pagamento aos seus clientes, conheça agora mesmo o serviço Private Label da Titan Software.

3. Quickcommerce – delivery eficiente no dia seguinte ou no mesmo dia

A entrega rápida é um fator determinante para o cliente realizar a compra em uma loja online ou em um estabelecimento físico. 

Para você ter uma ideia de como esse detalhe é importante, um estudo realizado pela Capterra, mostrou que 49% das pessoas entrevistadas dizem que o prazo para entrega do produto é um detalhe relevante em suas compras.

Esse mesmo estudo ainda mostrou que 95% das pessoas desejam que a entrega seja realizada o mais rápido possível.

Diante desse desejo, vale a pena o investimento no Quickcommerce que é uma modalidade de entrega que permite que as compras sejam entregues no mesmo dia ou no dia seguinte.

Ele é um modelo que se baseia na entrega de alimentos, mas também pode ser aplicado para realizar a entrega de outros tipos de produtos e serviços, tanto vendidos em estabelecimentos físicos como também em lojas online.

4. Autoatendimento

As longas filas nos caixas de supermercados e de lojas prejudicam a experiência do cliente e ainda atrapalham a sua rotina. 

Diante desse problema o conceito de autoatendimento, ou self-checkout, vem ganhando espaço no setor varejista.

Isso porque, ele permite que o próprio consumidor posicione a sua cestinha de compras para realizar o pagamento usando o scanner em direção ao código de barras.

Por outro lado, os produtos que não tem código de barra como, por exemplo, verduras, frutas e outros podem ser pesados pelo próprio cliente.

Com a tecnologia usada no autoatendimento é possível ter caixas funcionando 24 horas por dias, todos os dias da semana, podendo ter uma redução de até 75% no custo operacional desta área.

5. Diversificação de pagamento

Por fim, é importante facilitar o pagamento das compras oferecendo as principais formas de pagamento como, por exemplo:

  • Crédito

O pagamento por cartão de crédito cresceu 12,8% no primeiro trimestre de 2021, de acordo uma pesquisa realizada pela Abecs (Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços).

  • Débito

A função de débito corresponde a 21,06% das transações realizadas, enquanto o cartão de crédito é responsável por apenas 0,39%, segundo o Banco Central.

  • Boleto

O Boleto é um dos métodos de pagamento mais utilizados no Brasil atualmente.  Apesar de não ser a melhor opção para os lojistas.

 Isso porque, a integração do boleto bancário pode ter alguns custos para o lojista e ele ainda pode levar até três dias para compensar o pagamento, o que consequentemente afeta o prazo para entrega.

  • PIX

Segundo o Banco Central, até outubro de 2021, o pagamento realizado por PIX foi três vezes maior do pagamento por Boleto e mais de 12 vezes a quantidade de Transferências (TED) realizadas.

Em resumo

Investir em ações e em tendências para melhorar a experiência dos clientes no setor de varejo é muito importante para conquistar e fidelizar novos clientes.  No entanto, adotar novas ações não é uma tarefa simples para nenhuma empresa varejista.

Por isso, recomendamos que você entre em contato com um dos especialistas da Titan Software para receber o auxílio adequado para a sua empresa.

Comments are closed.